Consumering

Se o marketing adapta um negocio ao mercado o que que fazem as empresas que se adaptam ao consumidor? Fazem Consumering. Um blog de artigos sobre como transformar uma empresa comercial num negocio de produtos preferidos pelos consumidores. www.consumering.pt

13/02/2004

29 - A marca anteriormente conhecida pelo seu produto


No dia em que completava 35 anos, a 7 de Julho de 1993, Prince Roger Nelson espantou o mundo ao anunciar que renunciava ao seu nome. A partir daí, Prince, seria referido apenas com um símbolo impronunciável 0(+>. E que resultou da reunião dos símbolos da masculinidade e da feminilidade, solidificados pela imagem da pedra-sabão. Verbalmente, o indivíduo era chamado como “o artista anteriormente conhecido como Prince” ou simplesmente, “O Artista”. Chegava então à cultura pop a visão pós-moderna de Micheal Foucault, que em 1971 anunciara uma era onde o autor deixaria de ser um produtor para se tornar na caracterização de um estilo, de uma atitude. Os fãs d’O Artista aceitaram a novidade como mais uma excentricidade do seu pequeno grande génio, enquanto os ateliers de criação de entidades corporativas exultavam: Se o símbolo triunfara sobre a substância, todas as marcas do mundo mudariam de logotipo como forma de deixarem de ser o que eram para se aproximar do que gostariam de ser.

Sete anos volvidos, O Artista voltava atrás e punha fim a um ciclo de más vendas, reassumindo o seu nome de sempre, Prince. Explicou-se então que tudo não passara de uma habilidade legal destinada a romper o contrato que Prince tinha com a Time Warner. Afinal, mudar de logotipo não mudou o produto e nem sequer tinha sido bom para as vendas.

...continue a ler em "“Compre Este Porque"

2 Comments:

Enviar um comentário

<< Home